Pesquisar este blog

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Filhos: desejo do coração de Deus!

Olá queridos e queridas, tudo bem?? (POST GIGANTE - SÓ PRA AVISAR)

     Hoje eu quero trazer um assunto um tanto difícil para mim e confesso que fiquei me perguntando muito se deveria ou não escrever sobre isso aqui, mas com força e coragem me dispus a abrir o jogo, quem sabe outras pessoas que passam ou passaram pelo mesmo problema podem compartilhar informações certo? Afinal a blogosfera serve justamente para trocar ideias, informações e experiências!

     Tudo começou aos 12 anos de idade quando eu fiquei mocinha! Eu era a última de quatro filhas e para todo mundo isso era uma normalidade! Foi uma semana diferente para mim, mas tudo certo até então. No mês seguinte não aconteceu de novo, nem no outro, nem no outro.... Minha mãe pensou que talvez fosse assim mesmo que uma hora ou outra tudo se normalizaria! E durante dois anos foi assim, eu menstruava e depois de 6 ou 7 meses menstruaria de novo. Mas aí minha mãe achou por bem me levar à ginecologista!

     Depois de alguns exames realizados, a constatação: ovários multi policísticos. E para regularizar a menstruação: anticoncepcional. Daí sim, todo mês a mesma semana sofrida por muitas mulheres do planeta! Até aí tudo normal certo?

     Lembro-me de anualmente fazer os exames e retornar na médica para a verificação se algo pudesse ter mudado. Nada mudou....  E lembro-me também aos 16 anos me preocupar em tomar tanto anticoncepcional. Será que isso alteraria minha fertilidade? Será que eu poderia ter filhos normalmente? Perguntei e a médica muito grossa, disse que isso não era problema e que eu poderia sim engravidar normalmente quando quisesse. Mas lá no fundo do meu coração eu sabia que não era bem assim... Como se Deus já estivesse me "preparando".

     Os anos se passaram e depois com 19, 20 anos eu não quis mais tomar remédio, também não tinha uma vida sexual ativa, na verdade não tinha vida sexual nenhuma. Tomava umas duas vezes por ano para desencargo de consciência, por uns 4 anos talvez. Eu simplesmente não menstruava e isso não me incomodava, eu até ficava feliz com essa possibilidade que muitas mulheres pagavam para ter.

     Eu casei e comecei a sofrer muito de dores nos seios, paguei R$150,00 em uma consulta particular com um ginecologista (já que não tínhamos convênio), ele me disse que era o anticoncepcional muito antigo que provocava acúmulo de hormônios e eu então parei de tomar remédio! Marido topou se proteger para "evitarmos" uma gravidez, ainda não era a hora, pensávamos nós!

     Acontece que mais ou menos há um ano a camisinha estourou, 4 vezes num mesmo mês, acreditem se quiserem! Achamos que Deus queria nos permitir um filho e assim decidimos parar com as proteções! Mas até hoje nada aconteceu. Como eu não menstruo eu escolhi todo dia 15 para fazer um teste de gravidez. Fiz até julho e depois cansei.

     Veio a oportunidade de irmos para Alemanha e mudei o foco, pensando até em retomar os cuidados para então não corrermos o risco de termos um bebê nesse tempo de mudança! Mas resolvi voltar à uma outra ginecologista antes de ir para Alemanha para verificar se está tudo bem e quem sabe me receitar um anticoncepcional mais novo e barato também!

     O problema (que na verdade não é problema nenhum) é que a médica que me atendeu foi bastante direta, perguntou o porque de eu estar ali, perguntou idade, casada ou solteira, essas coisas de médicos sabe? Aí sem eu falar que queria engravidar algum dia da minha vida, ela me olhou e falou: eu vou pedir alguns exames de hormônios para você, além da ultrassom, provavelmente você sofre de anovulação e não conseguirá engravidar se não fizer um tratamento em uma clínica especializada. E você precisa urgentemente emagrecer, deverá passar também com o Endócrino. Como sou "obedecida" fui direitinho fazer os exames e passar com a Endócrino, e quando eu estava fazendo o ultrassom, pela primeira vez na vida a médica do ultrassom era legal e resolveu conversar comigo! E eu perguntei se realmente não ovulava e ela disse: é verdade sim, você realmente não ovula!

     Preciso dizer que chorei um monte nesse dia? Não né? Mas aí você me fala, Pêtra querida, você sabe que existe milhares de tratamentos para fertilização não sabe? Sei sim gente, o problema é que você (no caso eu) fica com aquela expectativa de fazer o teste de farmácia, de dar positivo, de fazer surpresa para o marido e contar para ele de uma maneira super diferente e rir e chorar junto, sabe essas coisas assim? Então, não vai ser assim conosco e eu nem sei quando teremos a possibilidade de começarmos um tratamento e eu já estou com quase 30 e aí que eu estou super abalada com isso, posso né?

     A única coisa que me fortalece nesse meu momento difícil, é saber que Deus tem um propósito para todas as coisas que acontecem debaixo dos céus e que como podemos aprender na Bíblia, há tempo para todas as coisas. E o meu tempo de ser mãe ainda vai chegar e vai ser lindo, essa é a benção que Deus ainda vai me dar um dia, nisso eu creio!

     E você, tem algo que te faz acreditar mais ainda no poder de Deus? Tem algo que te aproxima ou te afasta d'Ele? Conta pra mim!!

Beijinhos e até mais!!

15 comentários:

  1. Nada é por acaso né Pê.. entendo (ou imagino) a sua frustração e dor, mas tenho certeza que a alegria de ter um neném é maior do que qualquer outra expectativa. Estamos juntas sempre, seja virtual, fisica ou espiritualmente e para o que vc precisar estarei do seu lado. Amo vc! bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada minha querida, você sabe que eu te amo demais não sabe?? Juntas mesmo, em todo o tempo!! Beijo!!

      Excluir
  2. Dos planos de Deus nunca de sabe...é clichê, mas é verdade. Só Ele sabe o que está esperando por você. E tudo, mas tudo acontece no momento certo, na hora que Ele quer! Confie e aguarde!
    Beijo grande!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Ana, só Ele sabe o porquê de todas as coisas né?? Obrigada!!
      Beijo!

      Excluir
  3. marciameyergarcia@hotmail.com3 de outubro de 2012 09:13

    Querida Pêtra,
    Lembre-se, Deus está no controle!
    Se vc não conseguir ser mãe de barriga, pode ser mãe de coração. O amor será imenso, de um jeito ou de outro.
    Eu sei o quanto vc tem capacidade de amar e Deus proverá.
    Lembre-se de Sara, Ana e muitas outras que temos encontrado ao longo da vida.
    Amo vcs,
    Bjs Márcia Meyer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sempre quis ser mãe do coração também Márcia, quem sabe o que Deus tem preparado para aqueles que O amam né??
      Beijo!

      Excluir
  4. Oi, Pêtra!
    Nao quero ser mais uma a vir aqui e dizer "sim, tudo acontece ao seu tempo". Isso vc jà sabe, né?! E pedir calma e paciencia é sacanagem, eu sei. Mas é a maneira que temos de confortar. Até porque, é tudo verdade. Procure nao se angustiar. Acredito muito naquela coisa de "quando menos se espera é qdo acontece". Vc é jovem, tem muito tempo pela frente. Como sou "nova" aqui no blog, pelo que entendi, vc vai pra Alemanha, certo? Tenho certeza que là vc vai encontrar médicos muito bons e tratamentos (caso sejam realmente necessàrios) muito mais avançados. Sem contar que o sistema de saùde pùblico por là é maravilhoso. Fique tranquila! Pensa primeiro no seu momento de mudança, qta coisa boa està por acontecer.
    Bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe Tati, que eu sempre acreditei nessa de quando a gente menos espera acontece! O problema é que com os outros é sempre mais fácil né? Hehehehe.... Em relação à Alemanha eu também acredito que Deus está nos mandando para lá e que algum motivo Ele tem, nem que seja para me permitir fazer um tratamento show de bola! Obrigada pelo apoio Tati!!
      Beijo!

      Excluir
  5. Oi Pêtra, é a Vi,poderia te falar muitas coisas, mas vou falar da relação que aprendi a ter com Deus quando minha mãe foi morar com Ele, por mais que eu sofra, por mais que seja terrível, Deus sabe o que é melhor para nós e que entregar a vida nas mãos de Deus, não é fácil como muita gente ensina, ainda mais quando envolve um sonho como o seu ou perder alguém que amamos demais, mas é preciso entregar nas mãos Dele e aceitar a vontade Dele, tendo a certeza absoluta que foi o melhor que podia ou pode acontecer para nos,ter fé quando o vento sopra ao nosso favor é muito fácil, precisamos ter fé quando tudo parece estar conspirando contra nós, no mais fica a promessa que Deus: que a mulher estéril sera alegre mãe de filhos, ainda que nossos ventres sejam estereis nossa fé nunca sera, portanto podemos ter inúmeros filhos que geramos para Cristo através da nossa fé.
    Que Deus lhe abençoe,beijos,Vi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vi!! Muito obrigada pelas palavras! Sabe que eu fiquei pensando muito nessa semana que passou, qual é a vontade de Deus para minha vida, e depois de muito pensar AINDA sem resposta, eu penso que não importa se eu estou feliz ou triste agora, porque se estiver no centro da vontade Dele ele satisfará os desejos do meu coração e assim a alegria será sobre a minha vida! "No mundo passais por aflições, mas tende bom ânimo Eu venci o mundo!"
      Beijo!

      Excluir
  6. Menina , nada é impossível para Deus ..
    Também não podia ter filhos (só descobri antes de engravidar do 3..)rsrss! e Deus operou um milagre em minha vida, tenho ovário policístico, o que dificulta a gravidez, mas só descobri porque comecei a sentir cólicas e procurei o médico e foi diagnosticado, e logo depois do tratamento engravidei do meu terceiro filho..Para quem não podia(assim os médicos disseram e ficaram abismado quando eu disse que já tinha 2 filhos)tive 3 , imagine se pudesse!!
    No seu caso eu não sei qual o procedimento você deve tomar, mas procure se informar direitinho ..E se de todas as maneiras não conseguir mesmo , existem milhares de crianças querendo ganhar uma família , pense nisso !
    Tenho vontade de adotar um , mas por enquanto estou focada no trabalho , daqui uns tempo se os netinhos demorarem a chegar , nós vamos adotar..
    Bjus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Mônica, para Deus nada é impossível!!
      Obrigada pelo comentário e quem sabe você ainda não adota uma criança linda que complete o seu desejo de ser mãe do coração né??
      Beijo!!

      Excluir
  7. Petra. Adorei receber eu comentario! Bem se referindo ao eo problema. Procure uma soluçao e como diz uma cançao, " Vem vamos embora, que esperar, nao é saber, quem sabe faz a hora, nao espera acontecer! "Faça um, dois, tres tratamentos. Corra atras! Voce ainda é muito nova, 30 anos nao é nada!!! Vou postar minha estoria e vc entendera! bjs, Isabel.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainnnn agora eu fiquei curiosa para saber tua história também!!
      Obrigada pelo carinho!!
      Beijo!

      Excluir
  8. Oi querida, nao fica assim ao. Deus tem caminho inesplicáveis para cada um de nós que nEle confia.

    Eu fui mae a primeira vez aos 38 e depois aos 43 anos.

    Se vc nao os puder tê-los, adote um. Filhos do coracao sao igualmente como filhos gerados e eles sao bencaos na vida de quem os adota.

    Jesus mesmo foi filho adotado por Maria e José.

    Deus a escolheu para ser mae de Jesus. Assim como Ele escolhe maes para adotarem os filhos que ele tem para nós.

    Fica calma, confiante de que Deus tem algo muito bom pra vcs. Nao desfaleca a tua fé.

    Veja bem a palavra de confirmacao para eu postar este comentario: medicas.

    Quer mais???

    Um grande beijo

    ResponderExcluir